Discussing Global Health and Access to Medicines in the UN System: The Case of the Union of South American Nations (UNASUR)

Este artigo explora como e por que as organizações regionais participam na discussão sobre saúde global dentro do sistema das Nações Unidas. O artigo centra-se no caso da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL) e no tema do acesso a medicamentos, e argumenta que a criação desta organização e seu ativismo na diplomacia e governança globais em saúde evoluiu no contexto da reconfiguração da cooperação multilateral nas Américas, onde a saúde tem sido definida como um direito humano e vital para a cidadania regional. Esse processo resulta da mudança das identidades regionais, do mandato e das capacidades da UNASUL e dos interesses dos principais Estados membros, como o Brasil.

 

Palavras-chave: Acesso a medicamentos; Organização Mundial de Saúde (OMS); União das Nações Sul-Americanas (UNASUL); Diplomacia da saúde; Nações Unidas (ONU)

The Hague Journal of Diplomacy v. Advanced Articles 2016

Andrea Ribeiro Hoffmann, Jana Tabak ,

http://booksandjournals.brillonline.com/content/journals/10.1163/1871191x-12341358

Assine nossa newsletter