Evento

"Covid-19 na Amazônia brasileira", com Marcela Vecchione, Luana Kumaruara e Antonio Oviedo

Data: 24 de abril

Dia 24/04, às 17hs, a série Corona360 realizará seu 10º evento virtual , que tratará do tema "Covid-19 na Amazônia brasileira" com a presença de Marcela Vecchione (NAEA/UFPA), Luana Kumaruara (Liderança indígena) e Antonio Oviedo (Instituto Socioambiental, ISA).
 
Marcela Vecchione-Gonçalves é professora e pesquisadora no Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, da Universidade Federal do Pará (NAEA-UFPA). Atualmente, coordena o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido, sediado no NAEA-UFPA. Desde 2008, realiza pesquisa-ação com povos indígenas e povos e comunidades tradicionais na região Panamazônica, incluindo trabalhos em regiões fronteiriças no Peru e na Venezuela. A partir de 2015, começa a trabalhar também em áreas de transição Cerrado-Amazônia, com especial atenção a movimentos de expropriação e degradação em terras coletivas e de uso comum causados pela expansão da cadeia global de grãos e mineração, em conexão com o avanço de mudanças em legislações ambientais e de terra na América Latina, com ênfase no Brasil. Estas análises tem sido tecidas coletivamente no grupo de pesquisa ReExisTerra, que envolve estudantes de graduação, mestrado e doutorado. Marcela é também parte do Grupo Carta de Belém, com o qual contribui em análises sobre políticas internacionais para o clima e para a terra e mudança do uso da terra, e sobre financiamento e cooperação internacional relacionado a clima e biodiversidade.
 
Luana Kumaruara liderança indígena na região do Baixo Tapajós. Membra do CONDISI (Conselho Distrital de Saúde Indígena) no DSEI GUATOC. Mestranda em Antropologia no PPGA/UFPA. Pesquiso sobre a redes de mulheres indígenas e suas representações políticas, violência e direitos as mulheres indígenas.
 
Antonio Oviedo é doutor em desenvolvimento sustentável pela UnB com experiência profissional em sistemas socioecológicos. Pesquisador associado em mudanças climáticas para a Rede Clima (INCT-UnB). Atua em projetos de pesquisa voltados para pequenos agricultores e famílias rurais da Amazônia, os quais interagem com mercados de commodities, políticas de desenvolvimento e mudanças climáticas. Atualmente, é pesquisador em monitoramento territorial no Instituto Socioambiental.

Voltar