Evento

Debate de Conjuntura | Qual América para os americanos? Democracia e política externa no contexto eleitoral dos EUA

Data: 29 de outubro

 

"Neste governo não temos medo de usar a expressão 'Doutrina Monroe' (...) Manter um hemisfério completamente democrático sempre foi o objetivo de presidentes americanos desde Ronald Reagan". Com estas palavras, o então conselheiro de Segurança Nacional de Donald Trump, John Bolton, enunciou a importância da América Latina para aquela administração. Evocando uma doutrina do século XIX, na qual os Estados Unidos sustentaram sua posição continental e seu conjunto de valores e tradições em oposição ao velho mundo europeu, Bolton reintroduz uma política expansionista sobre o continente. Em oposição ao governo de Barack Obama, no qual o então secretário de Estado John Kerry considerou que o "erro da Doutrina Monroe foi superado", Trump acena para a retomada de uma política externa hierárquica sobre as Américas.
 
Nesta edição do Debate de Conjuntura, nossos convidados analisarão os possíveis desdobramentos das eleições presidenciais nos Estados Unidos para as relações deste com a América Latina. Nessa chave, serão debatidas questões como: qual é o futuro da ordem liberal nas Américas? Como isso tem afetado práticas de política externa? Como as disputas sociopolíticas nos Estados Unidos afetam o Brasil?
 
Convidados:
Elaini Silva, professora da PUC-SP, pesquisadora do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP) e diretora do Centro de Estudos em Direito e Relações Internacionais (ORBIS).
Guilherme Casarões, cientista político, professor da FGV EAESP e coordenador do Observatório da Extrema Direita.
Márcio Scalercio, professor do IRI/PUC-Rio e membro do Conselho Curador do Foro Inteligência.
Mediação: Karollina Kaiser (CARI)
 
Inscrições: http://bit.ly/34cdEsh
 
*Este evento será gravado.

Voltar