Agenda Laboratório de Metodologia 2022.1 

Compartilhar

O Laboratório de Metodologia (LabMet/IRI-PUC-Rio) anuncia sua agenda para o primeiro semestre de 2022.

As fichas de inscrição, as ementas e os programas completos serão disponibilizados ao longo do semestre no site do IRI/PUC-Rio. As inscrições também serão divulgadas por e-mail e pelas redes do IRI. Lembramos que as vagas estão disponíveis para discentes de pós-graduação e docentes do IRI, com vagas limitadas para pós-graduandas e pesquisadoras de outras instituições. 

A título de lembrança, todas as discentes de pós-graduação devem totalizar 24h/aula de carga horária mínima de atividades do LabMet como parte da totalização dos créditos de curso. Isto é, ao menos, uma oficina (6h/aula) e dois minicursos (9h/aula, cada). 

*** 

Em função da readaptação ao ensino presencial, o LabMet permanecerá realizando as atividades de maneira remota, através da plataforma Zoom. Neste semestre o LabMet oferecerá dois minicursos (9h totais) e uma oficina (6h totais). Reforçamos, no entanto, que este será o último semestre de atividades remotas do laboratório e, no 2022.2, retornaremos à modalidade presencial. 

Nos dias 10 e 11 de maio, das 18h às 21h, ofereceremos a oficina sobre Inovação Educativa no Ensino Superior ministrada pela Profª. Draª. Rosália Duarte (PPGE/PUC-Rio). A oficina pretende discutir o papel social da universidade no século XXI, o conceito de inovação educativa e princípios filosófico-pedagógicos para um ensino que assegure a aprendizagem a todos. Pretende estimular a identificação de fatores institucionais e práticas docentes que podem impactar a trajetória escolar e o sucesso acadêmico. Propõe a construção coletiva de um inventário de diretrizes e práticas pedagógicas voltadas à motivação para aprender e à aprendizagem ativa.  

Em junho, ocorrerão dois minicursos. O primeiro será sobre Metodologia em análises comparativas sobre Programas de Governo – usos do Manifesto Database Project, nos dias 14, 15 e 17 de junho, entre 18h e 21h, ministrado pela Profª. Drª. Alessandra Maia (DCS/PUC-Rio e PPGCS/UFRRJ). O minicurso visa discutir o formato e disponibilidade de dados da Plataforma Manifesto Database Project, e como tal metodologia de análise tem sido adotada em pesquisas para comparar Programas de Governo ao longo do tempo e o posicionamento político de partidos, seja em âmbito nacional, seja entre diferentes países. 

O segundo minicurso será A genealogia de Foucault e a emergência da economia como ciência de tudo, nos dias 21, 22 e 24 de junho, das 18h às 21h, ministrado pela Profª Drª Aline Passos, Doutora em Sociologia pela Universidade Federal de Sergipe. Neste minicurso, a ideia é pensar como Michel Foucault, no início da década de 1980 (portanto, perto de sua morte) percebeu um deslocamento na forma e pensar e sentir o mundo ocidental, cuja gramática é a economia. Essa percepção, por sua vez, foi derivada da genealogia enquanto método de análise das relações de poder que privilegia “a história que a História não conta” (ou seja, as entrelinhas, o que foi silenciado, quem foi derrotado, o que não entrou nos registros oficiais). Para um público de RI, a temática é interessante porque a chave de decifração da genealogia é a guerra. Para Foucault, “a política é a guerra continuada por outros meios” e todo seu trabalho se voltou para conhecer as forças em luta na história disso que chamamos de política.